Última rodada: emoção para os Cariocas!

06/12/2017

Flamengo se classifica para a Libertadores, Vasco para a Pré, enquanto Botafogo e Fluminense só observam

 
 
Botafogo 
 

Olha, viu… Confesso que preferia escrever uma canção de amor ou ter ido ver o filme do Pelé, mas é preciso falar de Botafogo! O difícil é engolir essa 10ª colocação no Campeonato Brasileiro. O clube conseguiu a incrível façanha de cair de quinto para 10° colocado, não vencer nenhum jogo em casa na reta final do campeonato, passar a competição inteira no G8 e não garantir a vaga na Libertadores 2018, na última rodada. Lamentável! A verdade é que a queda do Alvinegro começou desde a inaceitável virada do São Paulo e através dos diversos jogos em que deixou a vitória escapar por erros bobos. O torcedor sentiu o gostinho dos dois extremos: o doce, no primeiro semestre, com a boa campanha na Libertadores e Brasileiro, e o amargo, quando viu Atlético-MG e Chapecoense fazerem gols nos últimos minutos. Falando em Chape, vale lembrar que eles remontaram um elenco inteiro em um ano, o que destrói qualquer argumento que Jair Ventura e diretoria queiram dar nesse momento. Agora é parar de dar justificativas pífias, reconhecer os erros, a vergonha, a falta de compromisso de alguns profissionais, e se preparar para um ano com menos dinheiro e mais desafios.

 
Flamengo
 
Como o Flamengo vive 2017 como se tivesse uma montanha russa e o jogo do Vitória refletiu exatamente isso. Vai, não vai. Vai, não vai. Foi! O Flamengo foi para a Libertadores direto, não vai nem sofrer na fase de grupos. Não vou nem dizer que foi obrigação, porque eu realmente não esperava ir direto pelo Brasileirão. Foi uma boa surpresa. Para completar, ainda tem a final da Sul-Americana, que vai ser decidida no Maracanã. Se isso é bom eu não sei. Do jeito que o time só decepciona nas competições internacionais, um segundo jogo fora doeria menos em uma possível derrota. Não dá pra ser confiante com a equipe, por mais que eu queira. Temos que fazer um bom resultado lá fora, nem que seja um empate. Será que nosso goleirão e o artilheiro Vizeu vão brilhar de novo? Porque agora podemos dizer, de novo, que habemos goleiro! Diego Alves se machucou, Muralha já falhou, mas César é o nome do milagre. O que ele fez nos dois últimos jogos foi brincadeira! Belas defesas, passando segurança ao time, e ainda pegando pênalti, mesmo estando dois anos sem disputar uma partida oficial. Já o Vizeu precisava de espaço. Ele ficava sendo a sombra de Damião e Guerrero e, agora, vem mostrando que pode sim fazer a diferença. E que faça! Precisamos desse título internacional vai coroar a boa gestão dos últimos anos e alegrar um pouco essa torcida que vem sofrendo tanto com esse time! SRN!

Crédito: Gilvan de Souza
 
Vasco 
 
Quanta emoção para apenas um domingo, meus amigos! Fizemos no nosso dever de casa e, ao contrário do que andam afirmando por aí, o Vasco depende apenas dele para conquistar a vaga na fase de grupos. Torcer pra rival não cabe aqui, até porque eu tenho convicção que faremos nossa parte! Finalmente o Brasileiro acabou e o Vasco concluiu seus esforços com muito mérito! Conquistamos a tão sonhada vaga pra Libertadores (sim, já é Libertadores, e se o rival rubro-negro ajudar, entraremos para a fase de grupos!). Agora, podemos tirar o pé do freio e pensar no futuro. É claro que deixo aqui minha gratidão e agradecimento pelo ano de SUPERAÇÃO que tivemos, mas para seguir firme na competição internacional que enfrentaremos logo, logo, é preciso rever o elenco, analisar cada um dos jogadores e montar o time da maneira mais sólida e segura possível. Não vou arriscar aqui quem deve sair ou ficar, mas cravo, com toda a segurança do mundo que o cara da temporada, meu querido Zé Ricardo, tem que seguir! Devemos continuar unidos pelo Vasco, pelo ano de 2017 e suas boas surpresas. Aproveito também para parabenizar a torcida, que deu um show a parte em São Januário! Seguimos juntos, esperando ansiosamente por 2018 e todas as novidades que ele com certeza trará! SV!
 
Fluminense
 
A última rodada do Campeonato Brasileiro foi cheia de emoções para todos os cariocas… só que não! Além de ter sido uma partida chata, o Fluminense empatou em 1 a 1 com o lanterna Atlético Goianiense. Não havia vontade dos jogadores, mas entendo ter sido um jogo apenas para cumprir a tabela. Pelo menos, mesmo sem marcar, Henrique Dourado terminou como artilheiro, empatado com o Jô. Gustavo Scarpa jogou todos os 38 jogos, mostrando que mesmo com atuações ruins, sempre está à disposição do treinador. Isso é importante para um clube que teve muitos desfalques ao longo do ano. O problema é que o Flu não está em condições financeiras para pensar em contratação de peso para 2018, podendo perder jogadores importantes. Aparentemente, Abel Braga deve continuar como técnico. Porém, os tricolores não estão tranquilos, pois não há certeza de nada. O lado bom dessa história toda? Uma vaga na Sul-Americana do próximo ano. Ou seja, até que o jogo valia alguma coisa, né… ST!  
 
Crédito: André Durão
 
Beijo de batom vermelho: A Chapecoense merece o beijo! Depois do acidente e de tudo o que passou, conseguiu a vaga para a Pré-Libertadores!
 
Borrou o batom: Já foi dito, mas vale ressaltar porque o borrão foi feio! O Botafogo ficou a maior parte do campeonato entre os classificados para a Libertadores e deixou a vaga escapar aos 45 do segundo tempo. Borrou o batom, Fogão!.