Finais e reflexões!

12/04/2018

Finais e reflexões!

Os estaduais indestrutíveis

Os estaduais, tão malcuidados, tão mal falados, trazem dúvida sobre os benefícios da própria existência. Isto logo na reta final dos campeonatos. As torcidas querem ver seus times campeões, os atletas buscam mais um título e os dirigentes procuram novos argumentos para a permanência nos cargos que ocupam.

Em 2018, os públicos foram excelentes nas finais dos principais campeonatos estaduais. A rivalidade tomou conta das ruas e dos estádios. Houve grandes viradas entre uma partida e outra. A imprensa cobriu tudo com riqueza de detalhes.

Imaginem se os campeonatos fossem mais bem organizados pelas federações e pelos clubes. Imaginem se as instituições esportivas tivessem lucros e não prejuízos como no Rio de Janeiro. Todos os clubes grandes, exceto a federação, perderam dinheiro. Imaginem torneios enxutos e atraentes do início ao fim.

A reta final dos estaduais mostrou a força das rivalidades locais e do amor dos torcedores pelos clubes. Como já foi dito anteriormente, neste espaço, a manutenção dessas competições é importante. Contudo, ainda mais urgente é a reformulação. Mudar para melhorar!

Um abraço!

Por Fabiano Bandeira, O Praça