A torcida quer respeito 

28/05/2019

A torcida quer respeito

Comentário de dirigente rubro-negro desagrada torcida Rubro-Negra

 

Fala Rapaziada beleza? Para a torcida Rubro-Negra nem tanto! O time não vem tendo boas atuações no Brasileiro, o Técnico Abel segue pressionado no Clube e quando você pensa que nada iria piorar…O diretor geral de relações externas Cacau Cotta foi a uma emissora de TV e em uma declaração polêmica e infeliz, chamando a torcida rubro-negra de “analfabeta” …, mas como assim?

Ao comentar em um programa de televisão que as pichações no muro da Gávea, sede do Clube de que as frases ” Copa Mickey é o C…” e “Fora Bap e Abel” estavam escrita de maneira correta e com certeza isto não seria de  autoria da torcida Rubro-Negra, o dirigente conseguiu piorar ainda mais a relação entre a torcida e a diretoria. A mesma que em campanha prometeu acabar com o estigma de cheirinho do clube e contou com o apoio massivo da nação, parece que não conhece o torcedor que tem! Foi de total deselegância e falta de respeito com o torcedor em um país onde a educação é um dos problemas cruciais da população em geral. Que foi um ato político, todos sabemos! Mas em um clube onde se vai do céu ao inferno em menos de 10 segundos, comentários como estes, pioram ainda mais o relacionamento do clube com sua torcida que é o maior patrimônio do Clube. A torcida já canta sempre nos estádios que exigem respeito e comprometimento! E acontece isto?

O dirigente até tentou se explicar deste momento infeliz, mas não foi digerido pelo torcedor que aproveitou para debochar e pichou novamente o muro escrevendo de forma errada como forma de protesto as palavras do dirigente. Este tipo de situação mostra a bagunça interna ocorrida no clube nesta nova gestão. Comemorações de um título inexpressivo em redes sociais oficiais do clube, manutenção de um treinador que parece ter perdido o fio da meada do seu time e falta de transparência nas questões envolvendo a tragédia no ninho do Urubu ocorrida no início do ano.

E a pergunta que não quer calar é… Este fato passará impune sob os olhos da presidência?

Abraços,

Rod Torres