Faça a escolha certa

Faça a escolha certa

Quem ganhou e quem perdeu no Draft 2018

Existe uma frase de Brian Billick, ex-head coach do Baltimore Ravens, que diz muito sobre o Draft do dia 26 em Arlington: “necessidade é uma péssima avaliadora”. A verdade é que se você precisa muito de alguma coisa, você provavelmente irá cometer erros de avaliação no momento de negociar. Foi o que aconteceu em 2012 na última vez em que quatro quarterbacks foram draftados na 1ª rodada. O Seattle Seahawks e o Miami Dolphins precisavam de QB’s. Enquanto um precipitou-se na pick 8 ao escolher Tannehill, o outro, pacientemente, escolheu o jovem Russel Wilson na 3ª rodada. Deu no que deu.

(Foto: Elsa, Getty Images)

Aconteceu em 2004 na 22ª escolha com J. P. Losma indo para o Buffalo Bills, ainda Eli Manning, Philip Rivers e Big Bem no menu. Escolhas como estas dão origem a situações constrangedoras. Alguém concorda com Blaine Gabbert, hoje nos Tennessee Titans, a frente de J. J. Watt no Draft 2011?

Obviamente, os resultados das escolhas de quinta (26) ainda se encontram no campo místico do amanhã, mas frequentemente os quarterbacks são superestimados em Drafts. Apontado por muitos como primeira escolha geral certa deste ano, o QB de USC, Sam Darnold, foi preterido pelo Cleveland Browns, que optou pelo polêmico Baker Mayfield, QB bad boy de Oklahoma e vencedor do prêmio Heisman. Talvez a decisão de Cleveland tenha sido motivada pela tentativa de fuga das análises exacerbadas. Difícil saber!

PASADENA, CA – JANUARY 01: Baker Mayfield #6 of the Oklahoma Sooners throws a pass during the 2018 College Football Playoff Semifinal Game against the Georgia Bulldogs at the Rose Bowl Game presented by Northwestern Mutual at the Rose Bowl on January 1, 2018 in Pasadena, California. (Photo by Sean M. Haffey/Getty Images)

Vencedores do Draft 2018

New York Jets: caindo em contradição, os Jets herdaram o queridinho do Draft, Sam Darnold. Vale lembrar que a 3ª escolha geral foi fruto de uma “bem-sucedida” troca com o Indianapolis Colts. Darnold é o 3º QB mais jovem já draftado no 1º round desde 1970.

Baltimore Ravens: além do 1º tightend do board na 25ª escolha geral, os caras selecionaram ainda no 1º round o QB de Louisville, Lamon Jackson. Joe Flacco ganhou, em uma só noite, um brinquedinho, o TE Hayden Hurst e uma sombra.

Eli Manning: mostrar confiança no QB titular é a tarefa mais árdua e repetitiva do New York Giants nesta offseason. Ainda assim, a escolha da franquia na 2ª posição geral foi o running back Saquon Barkley de Penn State, mesmo com Darnold e Josh Rosen ainda à mesa.

(Foto: David J. Philip)

New Orleans Saints: em uma troca polêmica, os Saints entregaram ao Green Bay Packers uma escolha no 5º round de 2018 e uma pick de 1º round em 2019 só para subir da 27ª para 14ª posição neste ano. Apesar de talentoso, o edge rusher de UTSA, Marcus Davenport, não parece valer o capital de draft empregado.

Miami Dolphins: a história contada nos primeiros parágrafos continua sendo um problema em Miami. Na 11ª escolha, os Dolphins se contentaram com o safety Minkah Fitzpatrick. Tudo porque um dos QBs favoritos do Draft 2018, Josh Rosen de UCLA, foi para o Arizona Cardinals na escolha imediatamente anterior.

(Foto: Casey Sapio – USA Today)

Espaço FABr

Desde a última coluna, já rolaram 2 rodadas do 1º campeonato estadual do Rio de Janeiro com a participação dos grandes times cariocas. Vasco e Flamengo venceram em ambas as rodadas e já abriram caminho para o clássico decisivo.

O Flamengo Imperadores venceu a Rio Football Academy na 1ª partida por 20 a 13. O jogo mostrou-se complicado para o rubro-negro, que só conseguiu a vitória na prorrogação. Já no segundo jogo, apesar da dificuldade no início, os Imperadores venceram com facilidade o Volta Redonda Falcons por 16 a 3.

Por sua vez, o Vasco da Gama Patriotas não encontrou dificuldades nos seus confrontos. O Gigante da Colina venceu o Bangu Blaze por expressivos 73 a 7 e o Dark Olws por 19 a 0. A derrota veio, porém, depois do último jogo: quatro jogadores do Vasco Patriotas foram assaltados na Av. Brasil e tiveram os celulares, as mochilas e os equipamentos de futebol americano roubados, além de ficarem a pé.. O carro e parte dos pertences já foram recuperados.

Diante do lamentável episódio, a diretoria e os jogadores do Flamengo Imperadores ofereceram equipamentos para que o Vasco pudesse disputar a próxima partida, caso fosse necessário. Exemplo de grandeza, amor ao esporte e respeito ao adversário. Mais uma demonstração de união da comunidade do FABr e em especial a do Rio de Janeiro. Rivalidade sim, respeito sempre.

E por falar em Flamengo e Vasco, Vasco e Flamengo, o clássico acontece no próximo dia 27 no estádio Caio Martins em Niterói. O jogo vai ser um termômetro e servirá como prévia da disputa que valerá o título estadual 2018. Será que os dois irão com força máxima ou irão esconder o jogo? Vale conferir!

(Foto: Reprodução Instagram – Vasco Patriotas FA)

Por Fábio Nuno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>