O Fluminense é Tradição

O Fluminense é Tradição

Fluminense não pode mais se apequenar enquanto instituição


O Fluminense, na quarta-feira, conseguiu na bacia das almas empatar com o Cruzeiro na Copa do Brasil. Num jogo em que o reencontro de Fred com a torcida tricolor era a marca, o surpreendente equilíbrio no segundo tempo me chamou a atenção. Naturalmente o Cruzeiro seria o favorito. O processo de apequenamento que sofre o Fluminense faz o clube infelizmente não ter condições mais de ter elencos como o do Cruzeiro, então seria mais fácil o time mineiro vencer.


Aí o bom trabalho de Fernando Diniz ajudou a salvar junto com os meninos da base, desprestigiados pela diretoria do clube, que só os vê como moeda de troca.


Se o Flu tivesse vencido, seria mais do que justo.

Para o jogo da volta, quem sabe? Dá para classificar.

Mas para o Fluminense, é preciso que ele entenda o quanto é grande e o quanto sua torcida o apoia.

Não precisamos de gente que acha que o Fluminense é o “Fulham brasileiro”.

O Fluminense tem que se espelhar nos maiores e repetir o modelo. Tem que entender o seu lugar no futebol. Que saudade do tempo em que eu teria certeza da classificação do Flu em cima não só do Cruzeiro mas de qualquer um.

Temos muito a evoluir e espero que seja logo.

O Fluminense é gigante. Quem comanda o clube precisa entender isso. Queremos títulos, não queremos passar vergonha.

Falarei muito sobre isso ainda. Me sinto feliz e honrado de estrear essa nova coluna no site do BOM Pop Bola.

Por Leonardo Oliveira

 

One comment on “O Fluminense é Tradição

  • Eduardo Henrique Marques says:

    Belo texto!! Sou Flamenguista e lembro do meu sofrimento com o Flu de Déco, Sobis e Nem! Anteriormente com coração Valente, Dodô e Thiago Neves!! Mas a tradição do Flu o fará voltar e dividir a ponta do Rio com meu Flamengo! Não tem nada melhor que um Fla x Flu!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>