O Flu também é Seleção!

O Flu também é Seleção!

 Tricolor é a História

Já que estamos na Copa, eu resolvi fazer uma pesquisa para lhes trazer, a título de curiosidade, os jogadores que jogaram no Flu, estiveram na Seleção Brasileira e disputaram Copas do Mundo… Se faltar alguém, me avisem, por favor!

O Fluminense é o 5º clube que mais jogadores cedeu à Seleção Brasileira de Futebol em Copas do Mundo. São 31 convocações sendo que 19 disputaram pelo menos 1 partida com 11 gols marcados; o FFC também foi o clube que mais cedeu técnicos e comissões técnicas a Seleção Brasileira. São 8 técnicos e 10 comissões até hoje.

Copa de 1930:

Fortes, centro-médio, não jogou.

Fernando, centro-médio, 2 jogos.

Ivan Mariz, centro-médio, não jogou.

Preguinho, atacante, 2 jogos e 3 gols.

Velloso, goleiro, 1 jogo e nenhum gol tomado;

Copa de 1934:

Apesar de vários craques tricolores, a CBD não quis levar nenhum jogador do FFC;

Copa de 1938:

Batatais, goleiro, 1 jogo e 5 gols tomados.

Machado, zagueiro, 4 jogos.

Elba de Pádua Tim (Tim), atacante, 1 jogo.

Hércules de Miranda, 2 jogos.

Romeu Pellicciari, atacante, 4 jogos e 3 gols.

Copa de 1950:

Castilho, goleiro, não jogou.

Copa de 1954:

Veludo, goleiro, não jogou.

Castilho, goleiro, 3 jogos e 5 gols tomados.

Pinheiro, zagueiro : 3 jogos.

Didi, apoiador, 3 jogos e 2 gols.

Copa de 1958:

Castilho, goleiro, não jogou.

Copa de 1962:

Altair, zagueiro, não jogou.

Castilho, goleiro, não jogou.

Jair Marinho, lateral-direito, não jogou.

Copa de 1966:

Altair, zagueiro e lateral-esquerdo, 2 jogos.

Denilson, apoiador, 2 jogos.

Copa de 1970:

Félix, 6 jogos e 7 gols tomados.

Marco Antônio, lateral-esquerdo, 2 jogos.

Copa de 1974:

Marco Antônio, lateral-esquerdo, não jogou.

Copa de 1978:

Edinho, zagueiro e lateral-esquerdo, 3 jogos.

Rivellino, apoiador, 3 jogos.

Copa de 1982:

Edinho, zagueiro, 1 jogo.

Copa de 1986:

Branco, lateral esquerdo, 5 jogos.

Paulo Vítor, goleiro, não jogou.

Copa de 1990:

Nenhum convocado, mas Branco e Ricardo Gomes quase jogaram a Copa como jogadores do Flu, mas foram transferidos para a Europa antes;

Copa de 1994:

Branco, lateral-esquerdo, 3 jogos e 1 gol.

De 1998 até 2010, nenhum jogador tricolor foi convocado pela Seleção Brasileira;

Copa de 2014:

Fred, atacante, 6 jogos e 1 gol.

Copa de 2018:

Nenhum convocado

Kabessadas

. Preguinho foi o 1º tricolor autor de gol pela Seleção Brasileira em Copas do

Mundo e seu 1º capitão;

. Gérson, Carlos Alberto Torres e Tostão na Copa de 1970 não jogavam no Flu, mas eram torcedores do clube;

. Romerito não jogou na Seleção Brasileira, mas jogou na Seleção Paraguaia na Copa de 1982;

. Thiago Silva, o MONSTRO, ex-jogador do Flu, foi capitão nas Copas de 2014 e 2018;

. Marcelo, também ex-jogador tricolor, também foi capitão na Copa de 2018;

. Será que conseguiremos manter essa boa estatística para a Copa de 2022? Espero que sim…Vai BRASIL!!!!

. Minha pesquisa foi baseada no Google, nos Wikipédias e no site soumaisflu.com.br.

 

 

Kabessa Tricolor

Vão-se os anéis

Vão-se os anéis

Obrigado Abel e o Flu segue firme

Abel se foi, pediu o boné…Não tiro a razão dele (em parte), mas o discurso não bate com suas ATITUDES. Ele vazou, mas o FFC ainda está lá, precisando da nossa ajuda!

Abel disse que quer cuidar da vida pessoal para justificar o seu pedido de demissão, respeito, mas acho que não é bem isto que ele quis dizer, dias antes ele fez uma série de reinvindicações ao presidente. Com certeza a diretoria não tem como atender. PARA MIM, este foi o real motivo da saída do treinero.

Abel defende o indefensável ao elogiar a atual gestão, ora, será que ele não percebe que o pegaram como escudo de tudo de errado que ELES fazem?

Abel, aliás, tinha de ter se afastado do clube durante a tragédia que o abateu e que abateu a sua própria família e não agora…Visivelmente, de lá para cá, Abel ficou muito abalado, afetando DIRETAMENTE as suas decisões em campo.

Abelão é um treinador consagrado, tricolor declarado, já foi campeão pelo clube várias vezes e tem uma ENORME identificação com a torcida, mas desde que chegou não conseguiu acertar taticamente o time… Escalações, substituições e teimosia na manutenção de jogadores fracos como titulares dizimaram a paciência dos torcedores. Vale lembrar que alguns jogadores deste elenco foram pedidos por ele.

Abel, agora o papo é reto: OBRIGADO POR TUDO que você fez pelo FFC, mas você precisa de um tempo para cuidar do ABELÃO. O baque foi gigantesco, qualquer um sentiria, então não estou aqui te criticando por vazar neste momento, só acho que não foi na hora certa. O afastamento deveria ter sido lá atrás, nem que você voltasse depois, mas a decisão de treinar o time dias depois de uma tragédia tão grande foi equivocada… Por outro lado, cada um sabe de si… Você foi e sempre será um ídolo para nós. Pena que voltou numa gestão tão incompetente como esta e a passada. Mas fica aqui minha homenagem e minha reverência…

OBRIGADO Abel! Que você volte um dia com a “kabessa” mais no lugar… Nem você e nem a torcida merecem este desgaste. Saudações Tricolores!

Kabessadas

. Continuamos precisando de 33 pontos para dizer Feliz 2019. São 11 vitorias em 26 jogos… Difícil hein… A benção João de Deus!

. Que a Copa seja o que precisamos para colocar tudo no lugar e voltarmos a ganhar no BR18, senão…

. Estão circulando nas redes sociais vários nomes de possíveis substitutos do Abel. Eu acho Zé Ricardo um bom nome;

. Além do site do PopBola, escrevo também para o site www.batepapotricolor.com.br com muita gente boa falando sobre o Flu por lá.

 

 

Kabessa Tricolor

Quem espera sempre alcança!

Quem espera sempre alcança!

Mas chega uma hora que CANSA

 

Bom, primeiramente gostaria de agradecer e dizer que é uma HONRA e um privilégio estar juntos de amigos como os do Pop Bola…

Há mais de uma década de amizade com estes caras, e agora assinando uma coluna aqui no site para falar do Fluzão! “Tamo” junto RAPEIZE! Putz…revelei minha idade…

Mas o título não é com relação à minha estreia aqui não, e sim ao momento do nosso TRICOLOR, aliás o único, o resto é time de três cores…

Nesta coluna de estreia, vou falar do DESASTRE que foi o último jogo do time das Laranjeiras…Foi um tropeiro, quer dizer, um vareio…

Até que no 1º tempo o Flu jogou de igual para igual com a mineirada, uma zaga jovem e sem alguns VÍCIOS, mesmo tomando 5 gols ainda é melhor que o Gum Guerreiro e Renato Dente de Ouro Chaves… Os volantes continuam os mesmos, HORRÍVEIS, para mim Richard é marca de roupa masculina e o Douglas acha que joga no futebol francês, lentidão pura… Meio de campo, eu não posso comentar porque não tivemos ninguém por lá desta vez… No ataque, se não fosse o Pedro, eu não sei o que seria do Flu. Por fim, no gol, o nosso querido JC, que não é Jesus Cristo, mas faz lá os seus milagres, segundo meu brother, Thiago Caruso, lembrou o Castilho “Leiteria” com 2 bolas na trave que ele nem viu…

Ainda sobre o jogo, já no segundo tempo foi uma cagalhufa só. Abel tirou os laterais (por lesão, diga-se de passagem, mas tirou mesmo sabendo que não tinha levado nenhum lateral reserva) e colocou o Pablo Belina e o João Carlos, que nem jogador é…  Abel chamou de vez o CAM para cima do próprio time. Não deu outra: o Flu acabou tomando mais uma sacola… Terminamos o jogo com 50 defensores e 2 atacantes. Sem nenhum lateral! Parabéns, Abel! O visionário…

 uol esportes

Apesar de toda esta desgraça, ainda tenho esperanças de que verei aquele FLUMINENSE vencedor de volta, não nesta gestão, claro, mas com pessoas sérias na diretoria, que sejam verdadeiramente tricolores e que não pensem em si próprios…

Meu maior medo é o de que em vez de crescer, o Flu esteja perdendo torcedores, crianças e adolescentes estão deixando de torcer… Onde estão aqueles 100.000 tricolores da final da Libertadores? Um dos problemas é que nestes últimos anos, o Flu mandou todos os seus ídolos embora. Sem ÍDOLOS, um clube de futebol não sobrevive! Principalmente para os seus torcedores mirins… A torcida também não pode ser considerada como um problema e sim como a SOLUÇÃO deles…

O verde da ESPERANÇA, é o último que morre! Dias melhores virão…

A BENÇÃO João de Deus!

Kabessa Tricolor