Game over Brasileirão

Game over Brasileirão

Já tem campeão e falta o Z4

Habemus Campeão! Em vez da fumaça branca subiu a verde para anunciar o deca campeonato brasileiro do Palmeiras. Pobre Vasco! O time carioca ficou em uma verdadeira sinuca de bico: vencer o Palmeiras e ajudar o Flamengo ou perder e seguir ameaçado pelo rebaixamento. Alternativa B, mas não por vontade própria. Mesmo precisando fazer pontos o Vasco não foi páreo para o #porcocampeão. Agora, na última rodada, o Vasco precisa pontuar contra o Ceará fora de casa para não ser rebaixado pela 4º vez. Pikachu, expulso após chilique no fim do jogo contra o Verdão, desfalca o time. O Palmeiras acumula 21 jogos invicto graças a chegada de Felipão, que mesmo “velho” para alguns, mostrou o quanto de lenha ainda tem para queimar. O Palmeiras chega ao seu 10º título de campeonato brasileiro.

Enquanto o Palestra comemora, o Flamengo, mais uma vez, ficou no cheirinho! Nem mesmo a excelente vitória em cima do Cruzeiro no Mineirão aliviou a frustração pelo vice. No jogo apareceu novamente a já tradicional lei do ex. Peléverton Ribeiro guardou duas vezes sendo o primeiro gol uma verdadeira obra prima. Mais um ano melancólico para o Flamengo. A administração Bandeira de Melo, que em seis anos conquistou apenas uma Copa do Brasil e dois estaduais, gastou um caminhão de dinheiro e ganhou 6 anos de puro cheirinho!

Ainda na base do sofrimento, a última vez que o Fluminense venceu uma partida, o então presidente eleito, Jair Bolsonaro, ainda era candidato. Talvez paraquedista. O tricolor enfrentou o Internacional em Porto Alegre e novamente decepcionou. Com dois gols de Nico Lopes o Colorado garantiu o 3º lugar no campeonato. Já o Fluminense agora precisa de uma vitória ou um empate diante do América/MG em casa para não ser rebaixado. Antes encara o Atlético/PR pela sul-americana precisando tirar uma diferença de dois gols, ou seja, a semana tricolor será mais tensa do que fazer carinho em pitbull.

 

Por fim o Botafogo enfrentou o Paraná em um jogo que não valia absolutamente nada. Com o fogão livre do rebaixamento e o Paraná rebaixado, a partida marcou a despedida do grande goleiro Jefferson. O grande ídolo alvinegro esteve em campo em 459 jogos do Botafogo e se tornou o terceiro jogador que mais vestiu a camisa do clube atrás apenas das lendas Garrincha e Nilton Santos. O Botafogo venceu o jogo, mas o resultado em si pouco importa. Valeu Jefferson!

É bom lembrar que o Vitória (Não se sabe por que do nome) empatou com o Grêmio em casa e caiu para a série B.

Se quatro caem no abismo do rebaixamento, outros quatro chegam ao céu da série A: Fortaleza (campeão), CSA, Avaí e Goiás disputarão a primeira divisão em 2019. Parabéns !!!

 

Ah claro! Não podemos deixar passar batido as cenas lamentáveis na Argentina. Depois de apedrejarem o ônibus do Boca Juniors a caminho do Monumental, o que causou uma lesão no olho de Pablo Pérez e Gonzalo Lamardo, a partida teve de ser, em primeiro momento, adiada e depois suspensa até que uma nova data seja programada. Uma reunião nesta terça-feira definirá o futuro da final entre River e Boca.

https://www.facebook.com/cruzouegol

https://www.twitter.com/cruzouegol1

https://www.instagram.com/cruzouegol

 POR: MAYCO COSTA, ABSALAN SILVA, FLÁVIO BRITO E LUCAS LIECHENSTEIN

Apenas uma tragédia tira o título do porco

Apenas uma tragédia tira o título do porco

Flamenguista é vascaíno desde criança

O que vem por aí? Se no Maracanã o Flamengo, à espera de um milagre, enfrentou os meninos do Renight Gaúcho com a esperança de mais um tropeço do Verdão, na Arena do Palmeiras, Felipão acreditou em Fake News com a notícia de um possível empate do Grêmio. O fato é que o colombiano Bruce Lee Uribe abriu o placar para o Cheirinho e o homão da porra Diego fechou o caixão tricolor. Cabe agora aos flamenguistas sofrer por um dia a dor de ser vascaíno. O Flamengo é Vasco diante do Palmeiras em São Janú.

Passada a Fake News, o campeão Palmeiras detonou o maior de Minas. Depois de um primeiro tempo sem gols para alegria rubro-negra, a porteira mineira foi arrombada e o #porcolider impôs o favoritismo fora o baile. A bizarra “fake news” fez muito palmeirense comemorar o título antecipadamente. Que povo ansioso! Para o Palmeiras basta uma vitória diante do Vasco ou dois empates (Vasco e Vitória) para levar o caneco, mesmo que o Flamengo vença o Cruzeiro em Minas e o Furacão no Rio. Já o América-MG segue o calvário a caminho da degola.

Lá na rabeta da tabela a briga contra o rebaixamento continua “animadíííííssissima”. O Vasco com a zona de rebaixamento no cangote se impôs em campo e não deu qualquer chance para as tricoletes da terra da garoa tentarem alguma coisa. O Vasco deu um importante passo para a permanência na série A de 2019. Eis aí que surge a dúvida: ganhar do Palmeiras e acabar com qualquer chance de rebaixamento ou perder para o Palmeiras e deixar o Flamengo no cheirinho e de vice outra vez? Melhor não arriscar, Vascão! Deixa o Porco vencer.

Em Chapecó, a Chapecoense, segundo time de todo brasileiro, ganhou do campeão de 87 em casa e saiu da zona. A ameaça continua. Vem aí o Corinthians no Itaquerão. Preparada para o assalto? Já o Sport entrou na zona babando. Ao que tudo indica não sai mais de lá.

Teve duelo água de salsicha. Santos e Botafogo entraram em campo já sem chances de chegar à Libertadores e empurraram o jogo com a barriga. Em Salvador, o Fluminense se candidatou a vaga de rebaixamento. As chances são remotas, mas tudo é possível. De qualquer forma os advogados tricolores já estão de plantão.

Dá Palmeiras já ou será que o Mengão leva a decisão para o próximo domingo?

 https://www.facebook.com/cruzouegol

https://www.twitter.com/cruzouegol1

https://www.instagram.com/cruzouegol

 POR: MAYCO COSTA, ABSALAN SILVA, FLÁVIO BRITO E LUCAS LIECHENSTEIN

A esperança é rubro-negra

A esperança é rubro-negra

Briga boa do topo ao Z4 

A reedição da final do mundial de 2000 com “Vai Curintia” e Bacalhau teve mais uma briga boa. Desta vez não era um título que estava em disputa, mas a fuga do conhecido fantasma da Série B. Se em nosso país muita coisa não funciona, a lei do ex, ah! Esta é implacável. Neste jogo ela veio em dose dupla no gol de Mateus Vital, vulgo PET, depois de um passe de Fagner. Os ânimos estiveram acirrados. O técnico gostosão, Clark Kent, mais conhecido como Alberto Valentim foi expulso por reclamação da arbitragem. Seria um prenúncio do que ainda estaria por vir? Com certeza. Não demorou e veio no fim da partida. Marrony da Loucademia de Polícia sofreu um pênalti claríssimo. Escandaloso. Adivinhe? O juizão mandou seguir. Uma vergonha! Na tabela, com a vitória, o Corinthians abriu 5 pontos da zona da degola. Já o Vasco continua o romance com o Z4 com apenas 2 pontos à frente do primeiro encrencado.

No Vazião, o Botafogo fez mais uma vítima. Assim como na semana passada, a presa alvinegra foi outro time no topo da classificação, o até então vice-líder, Internacional. O Fogão venceu e mesmo com quase uma hora de acréscimos segurou a pressão e fez a festa no Niltão Arena. O Botafogo não corre mais riscos e, acreditem se quiser, passou a sonhar com a pré-Libertadores. O Inter perdeu a vice-liderança para o Flamengo e vê o Palmeiras cada vez mais distante.

A Terra do Frevo, dos bonecos de Olinda e dos tubarões, recebeu o duelo entre o Campeão de 87 e o Campeão de 87. A partida valia o afastamento do Sport da zona da degola e o sonho do título para o Flamengo. A situação parecia que ia complicar depois da expulsão do menino Lucas Barcas Rio-Paquetá, mas, mesmo com um a menos, o Flamengo conseguiu os três pontos. A vitória do Urubu diminuiu a diferença do #PorcoLíder para o rubro-negro. Já o Sport está fora da ZR por um ponto. Vai ter sufoco nas últimas rodadas.

O improvável aconteceu! O líder Palmeiras não conseguiu vencer o lanterna e já rebaixado, Paraná. O empate deu um gás a mais na disputa e aumentou o cheirinho. O Palmeiras ainda segue na liderança com certa folga, 5 pontos de vantagem, mas o alerta está ligado.

A pelada da rodada ficou com Fluminense e Ceará no Maracanã. Nem um golzinho! O resultado foi ruim para os dois lados. Ambos continuam com chance de rebaixamento.

A pelada Fluminense x Ceará só não foi mais chata do que o jogo da seleção. Brasil x Uruguai foi pior do que bingo em família. A vitória canarinho veio de um pênalti maroto cobrado pelo adulto Neymar. De resto, além do corte de cabelo do Douglas Costa, a única jogada que chamou a atenção foi a chegada carinhosa de Cavanni no craque brasileiro.

 

Até a próxima!

 https://www.facebook.com/cruzouegol

https://www.twitter.com/cruzouegol1

https://www.instagram.com/cruzouegol

  POR: MAYCO COSTA, ABSALAN SILVA, FLÁVIO BRITO E LUCAS LIECHENSTEIN